Um menor de 14 anos foi identificado pela Polícia Judiciária (PJ) como sendo o autor do incêndio florestal ocorrido na segunda-feira, no limite dos concelhos de Penedono e São João da Pesqueira, em Viseu, foi esta quarta-feira anunciado.

O Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda refere em comunicado esta quarta-feira divulgado que identificou o menor como “autor confesso” de um incêndio florestal ocorrido ao final da tarde de segunda-feira, “com início na freguesia da Granja, no limite dos concelhos de Penedono e São João da Pesqueira”, com a colaboração da GNR de Moimenta da Beira.

Segundo a nota, o menor “terá atuado num quadro suscetível de evidenciar preocupante tendência de incendiarismo, já que manifesta desejo de ser bombeiro e de apreciar a atuação concreta destes profissionais”.

Atenta a idade do menor, foram os factos devidamente expostos ao Ministério Público, tendo em vista a sua melhor apreciação e a eventual adoção de medidas preventivas tidas por necessárias e convenientes”, lê-se.

Ainda de acordo com a PJ da Guarda, o incêndio consumiu, aproximadamente, 0,5 hectares de mato, giestas, algumas árvores e combustíveis finos.

Não fosse a pronta e eficaz intervenção dos bombeiros, que contaram também com a afetação de um meio aéreo, o incêndio poderia rapidamente ter evoluído sobre uma vasta área de pinheiros adultos e de alguns palheiros, colocando assim em perigo também algumas casas da referida aldeia da Granja”, segundo a fonte.