Já lhe deve ter acontecido este cenário: sete da tarde, Euromilhões na mão, uma fé inabalável nos números escolhidos e… não consegue encontrar um lugar para registar o boletim. Só no outro bairro, só na outra vila.

Mas dentro em breve esse cenário vai ser cada vez menos comum, porque a rede de mediadores dos Jogos Santa Casa vai aumentar, e o registo dos boletins poderá ser feito — quem sabe — mesmo na sua rua.

Esta é uma medida estratégica que se enquadra no processo de modernização e de otimização da cobertura dos postos de mediação, e será implementada durante os próximos meses.

O objetivo é garantir o acesso da população, maior de idade, ao portfólio de jogos seguros e responsáveis, dando resposta a algumas lacunas que existiam em diversas zonas do país. Agora, será possível que pequenos e médios estabelecimentos venham a ser mediadores dos Jogos Santa Casa, em locais onde, até agora, não existia qualquer estabelecimento com essa função.

Revitalizar mais freguesias no país

Serão vários os cafés, mercearias, tabacarias, muitos deles de cariz familiar e local, que a partir dos próximos meses vão passar a poder registar os boletins de Jogos Santa Casa. Esta expansão enquadra-se na missão da Santa Casa da Misericórdia, que apoia a sustentabilidade e revitalização da atividade económica em pequenas freguesias do país, garantindo uma maior equidade e respeito pela realidade territorial e demográfica.

Nos próximos meses, serão atribuídas cerca de 140 novas autorizações administrativas para negócios de comércio local, como restaurantes, cafés, papelarias ou tabacarias, e na segunda fase, que decorrerá a partir de outubro, será aberto concurso para mais 200 mediações.

De destacar ainda que 50 destas novas autorizações serão entregues, exclusivamente, a entidades ligadas ao setor social, que pretendam dinamizar e reforçar a sustentabilidade económica dos seus espaços através da mediação dos jogos sociais do Estado.

Atualmente, a rede conta com 5000 mediadores e até ao final de 2021 será possível passar a registar os boletins em mais 1500 novos locais. A análise e escolha dos novos pontos foi assente em critérios científicos de cariz geográfico e social, com base num estudo exaustivo levado a cabo pela Nova IMS — Universidade Nova de Lisboa.

Mediação 21: novos mediadores, nova imagem gráfica

Ainda a par do processo de modernização, os Jogos Santa Casa vão proceder também à atualização da imagem gráfica de todos os mediadores e criar uma nova tipologia. Mediação 21 será o nome que nos próximos meses vai passar a ver. De início, vai arrancar um projeto piloto, por distrito, e, gradualmente, será expandido a um posto por concelho. Esta nova imagem prevê que os espaços que vão acolher a mediação dos Jogos Santa Casa sejam mais lúdicos e com maior caráter de entretenimento.

Esta será uma operação de grande envergadura, pretendendo os Jogos Santa Casa garantir, assim, a prossecução da sua missão em toda a plenitude: quer no aspeto social, quer no aspeto económico ao contribuir para agilizar cada vez mais as economias locais e gerar mais empregos.

Por isso, nos próximos meses, já sabe: nova imagem e novos postos. E tudo isto, cada vez mais perto de si.