Cabo Verde registou esta quinta-feira mais uma morte associada ao novo coronavírus, na cidade da Praia, elevando para 19 o total de óbitos devido à Covid-19 no país, disse fonte oficial.

A informação foi avançada na habitual conferência de imprensa sobre a Covid-19, na cidade da Praia, pelo diretor do Serviço de Prevenção e Controlo de Doenças, Jorge Noel Barreto, indicando que o óbito foi registado esta tarde.

Segundo a mesma fonte, trata-se de um homem, de 66 anos, que tinha outros problemas de saúde e que se encontrava internado no Hospital Agostinho Neto, na Praia, há 13 dias.

Com mais esta morte, o país passa a registar um total de 19, dos quais 13 na ilha de Santiago, quatro no Sal, um na Boa Vista e outro em São Vicente.

Na mesma conferência de imprensa, o porta-voz do Ministério da Saúde informou ainda que as autoridades de saúde registaram hoje mais um caso, em Tarrafal de Santiago, elevando para 11 o total diagnosticado no dia.

Sendo assim, o país passa a registar um acumulado de 1.553 casos de Covid-19, dos quais 19 óbitos, dois doentes transferidos para os seus países, 730 pessoas consideradas recuperadas e 802 casos ativos.

Segundo Jorge Barreto, os números diários mostram que ainda o país regista uma “tendência crescente” de casos, mas as autoridades de saúde estão à espera dos próximos dias para ver como vai ser a evolução.

Em África, há 12.206 mortos confirmados em mais de 522 mil infetados em 54 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia naquele continente.

Entre os países africanos que têm o português como língua oficial, a Guiné Equatorial lidera em número de infeções e de mortos (3.071 casos e 51 mortos), seguida da Guiné-Bissau (1.790 casos e 25 mortos), Cabo Verde (1.553 casos e 19 mortos), Moçambique (1.092 casos e nove mortos), São Tomé e Príncipe (724 casos e 13 mortos) e Angola (396 infetados e 22 mortos).