Bruno Nogueira será, a partir de setembro de 2020, reforço da SIC. O humorista, autor, ator e apresentador regressa à estação na qual se tornou reconhecido do grande público a partir de 2003, no “Levanta-te e Ri”, tendo também criado “Som de Cristal”, em 2015.

“O Bruno Nogueira, pela originalidade, pelo desassombro criativo e pela capacidade de fazer bem qualquer desafio a que se proponha, é um ativo muito relevante para a SIC. A sua vontade incondicional em querer desenvolver na SIC as suas ideias está a par da nossa ambição de continuar a inovar e a criar conteúdos com impacto na sociedade. É um orgulho podermos ter uma equipa de elite, que a chegada do Bruno vem robustecer”, afirma Daniel Oliveira, Diretor Geral de Entretenimento da IMPRESA.

Já Bruno Nogueira fala de uma oportunidade “irrecusável”. “A liberdade criativa que o Daniel Oliveira e a SIC me oferecem é, mais do que nunca, uma oportunidade irrecusável. Agradeço o convite e a confiança demonstrada neste meu regresso à SIC, e espero estar à altura daquilo a que me proponho. Por outro lado, para o Daniel Oliveira, será o fim de uma época dourada. Nos livros de história da televisão, o Daniel será sempre recordado como ‘aquele a quem tudo corria bem, até ter contratado o outro’. Bem jogado, Bruno. Mal jogado, Daniel”.

Bruno Nogueira: “A primeira coisa que me dizem sempre é ‘epá, não há muito dinheiro’”

Os projetos criados e encabeçados por Bruno Nogueira serão anunciados só a partir de setembro. Além de ator, apresentador e humorista, Bruno é autor de programas exibidos na RTP como “Último a Sair”, “Os Contemporâneos”, “Odisseia”, “Fugiram de Casa de Seus Pais”, com Miguel Esteves Cardoso, ou a mais recente série “Sara”, protagonizada pela atriz e sua mulher Beatriz Batarda.

Nos palcos foi protagonista de espetáculos de música e teatro como “Deixem o Pimba em Paz”, “Depois do Medo” ou “Sou Do Tamanho Do Que Vejo E Não Do Tamanho Da Minha Altura” e tem uma crónica diária na TSF, o “Tubo de Ensaio”.

Uma semana depois: o que é que o Bicho teve que não se explica? A vida real

Durante o período de confinamento provocada pela pandemia da Covid-19, Bruno Nogueira criou na sua página do Instagram “Como é que o bicho mexe?”, uma série de conversas públicas que se tornaram num dos maiores fenómenos mediáticos dos nossos dias.