O Governo português e a Rede Aga Khan para o Desenvolvimento (AKDN) vão doar esta terça-feira 200 mil máscaras na província de Maputo, no âmbito do combate à pandemia da Covid-19.

O esforço conjunto terá o duplo benefício de disponibilizar gratuitamente máscaras reutilizáveis a diferentes camadas da sociedade, fornecendo-lhes uma maior proteção à pandemia”, lê-se num comunicado enviado à imprensa.

As entidades vão doar ainda cinco mil fatos para o pessoal médico e outros profissionais de saúde daquela província do sul de Moçambique.

Do total de 200 mil máscaras, 100 mil são reutilizáveis, sendo destinadas às entidades necessitadas daquela província e, as restantes, são máscaras cirúrgicas, que deverão ser entregues também a profissionais de saúde.

O apoio conjunto enquadra-se no plano de resposta à pandemia entre Portugal, os Países de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) e Timor-Leste, coordenado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros português.

Moçambique regista um total de 1.219 casos positivos de Covid-19, nove óbitos e 369 pessoas recuperadas, segundo as autoridades de saúde.