O vinho branco Monte da Capela – Reserva 2018, o tinto Poliphonia Signature 2015 e o rosé Comenda Grande 2019 conquistaram as medalhas de ouro na edição deste ano do concurso Melhores Vinhos do Alentejo, foi esta quinta-feira divulgado.

O branco é produzido pela Casa Clara, o tinto, pela Granacer e o rosé pelo Monte da Comenda Agroturismo.

Promovida pela Confraria dos Enófilos do Alentejo, a 8.ª edição do concurso, que destacou a “qualidade dos vinhos apresentados”, decorreu nas novas instalações da Rota dos Vinhos, em Évora, e distinguiu 27 dos 132 vinhos concorrentes.

O júri premiou três vinhos tintos e brancos com medalhas de ouro, prata e bronze e dois rosés com ouro e prata, além de ter atribuído menções honrosas a cinco vinhos brancos e 14 vinhos tintos.

Foram distinguidos com medalhas de prata os vinhos Cortes de Cima 2018 (branco), do produtor Cortes de Cima, Herdade Grande – Grande Reserva 2015 (tinto), do produtor António Baião Lança e Valcatrina 2019 (rosé), da Casa Santos Lima.

As medalhas de bronze foram para os vinhos Tiago Cabaço – Encruzado 2018 (branco), de Tiago Mateus Cabaço e Cabaço e Quid Pro Quo 2017 (tinto), da Casa Santos Lima.

Para o escanção mor da Confraria dos Enófilos do Alentejo, Óscar Gato, “os vinhos a concurso provenientes de diversos produtores no Alentejo, todos classificados com Indicação Geográfica e/ou Denominação de Origem, possibilitaram uma prova de qualidade elevada, bastante interessante e diversificada em perfil organoléptico”.

Além disso, adiantou, “o facto de o concurso ter decorrido este ano nas novas instalações da Rota dos Vinhos do Alentejo, cumprindo com todas as normas de segurança, acabou por ser ainda mais especial”.

Os vinhos do Alentejo voltaram a mostrar a sua qualidade enquanto produto e a qualidade de todos os envolvidos na sua produção, pelo que merecem total confiança por parte dos consumidores e das empresas com quem os produtores lidam diariamente”, salientou.