A filha mais nova de Nelson e Winnie Mandela, Zindzi Mandela, tinha Covid-19 quando morreu esta segunda-feira em Joanesburgo, na África do Sul. O anúncio foi feito pelo seu filho, Zondwa Mandela, em declarações à SABC News.

“A minha mãe testou positivo para Covid-19 no dia em que morreu [13 de julho de 2020], embora isto não signifique que ela tenha morrido na sequência de ter Covid-19, significa apenas que ela estava positiva”, disse o neto de Nelson Mandela esta quarta-feira à noite.

Zondwa Mandela explicou ainda que ainda não há resultado da autópsia, onde deverá ser determinada a verdadeira causa da morte de Zindzi Mandela.

Zindzi Mandela, filha de Nelson Mandela, morreu aos 59 anos

Zindzi Mandela era embaixadora da África do Sul na Dinamarca.

A filha de Nelson Mandela destacou-se em 1985, quando o regime do apartheid tentou negociar com o líder histórico do ANC a liberdade caso denunciasse os crimes praticados pelo Congresso Nacional Africano. Zindzi Mandela leu publicamente a carta do pai rejeitando a proposta num ato político que foi transmitido em todo o mundo.