O líder do PSD/Açores defendeu esta sexta-feira a necessidade de criação de uma estratégia de recuperação para a construção civil, considerando que a reabilitação de infraestruturas e a proteção da orla marítima são o futuro das obras públicas.

“É preciso definir, em conjunto com os parceiros do setor, uma nova estratégia para recuperar o tecido empresarial da indústria civil”, afirmou José Manuel Bolieiro, acrescentando que “as obras públicas não acabaram” e “vão ser cada vez mais vocacionadas para a reabilitação de infraestruturas e proteção da orla marítima”.

Segundo uma nota de imprensa enviada pelo partido, José Manuel Bolieiro considera que “é necessário pensar na reabilitação e manutenção das infraestruturas públicas já existentes, bem como prevenir os efeitos das alterações climáticas”.

Depois de se reunir com a direção da Associação dos Industriais de Construção Civil e Obras Públicas dos Açores (AICOPA), em Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, o presidente da estrutura regional social-democrata destacou que o setor da construção civil “está em crise” e que isso “não tem nada a ver com a pandemia, que apenas veio agravar a situação”.

Para o futuro, a construção civil tem de ser pensada como essencial na estratégia de desenvolvimento dos Açores e de cada uma das nossas ilhas”, defendeu.

Citado na nota, José Manuel Bolieiro disse ainda acreditar que o setor deve ser um “verdadeiro parceiro” das obras públicas, “sejam estas da responsabilidade do Estado, da administração regional ou da administração local, bem como na definição da estratégia de utilização dos fundos europeus”.