O antigo ministro da Defesa de Cabo Verde Honório Chantre Fortes, um dos heróis cabo-verdianos da luta pela independência no período colonial, morreu este sábado, aos 78 anos, segundo a Associação dos Combatentes da Liberdade da Pátria.

O veterano da luta pela independência morreu na ilha de Santo Antão, de onde era natural, ao início da manhã deste sábado, vítima de doença.

O ‘primeiro comandante’ Honório Chantre Fortes integrou o grupo de jovens que prestou juramento perante Amílcar Cabral (fundador do Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde – PAIGC), em janeiro de 1967, pertenceu ao núcleo fundador das Forças Armadas cabo-verdianas e foi ministro da Defesa Nacional de Cabo Verde de 1981 a 1986.

Numa nota de pesar, o Governo destaca-o como “referência incontornável” do país e das Forças Armadas cabo-verdianas.

“A Defesa Nacional muito lhe deve e Honório Chantre Fortes perdurará nas nossas memórias”, lê-se na nota.