A GNR vai realizar desta segunda-feira até domingo uma operação de fiscalização de veículos pesados de passageiros para promover a segurança rodoviária e reduzir a sinistralidade.

Em comunicado, a GNR adianta que do universo dos veículos pesados, o transporte público de passageiros assume especial sensibilidade na medida em que o incumprimento das regras de segurança, violação de tempos de condução e repouso ou a adoção comportamentos de risco poderá colocar em causa a segurança e integridade física de um elevado número de pessoas.

No triénio 2017-2019 ocorreram mais de 16.900 acidentes envolvendo veículos pesados de passageiros, dos quais resultaram 25 vítimas mortais e 77 feridos graves, segundo a nota.

A fiscalização dos militares irá incidir sobre a falta de alvará, licenciamento ou de requisitos dos veículos, de dísticos e de certificado, não cumprimento dos itinerários e horários, durante a realização de serviços regulares e respetivos desdobramentos, falta de tacógrafos, falta de habilitação do motorista e excesso de lotação, distanciamento de segurança entre utentes e uso de equipamentos de proteção individual, entre outras.