Um homem, de 22 anos, foi detido no sábado na zona de Benfica, em Lisboa, por agressão a um motorista da Carris, após recusa em colocar máscara, informou esta segunda-feira o Comando Metropolitano da PSP (Cometlis).

“O motorista informou que ao chamar o autor do ilícito à atenção por não fazer uso de máscara, e não poder entrar no transporte público, aquele partiu de forma violenta para agressão física, atingindo-o na cara com vários socos, empunhando de seguida uma arma branca com a qual ameaçou os presentes, colocando-se em fuga de imediato”, explica o Cometlis, em comunicado.

A nota refere que os factos tiveram lugar no sábado, pelas 18h00, na Estada de Benfica, e que o motorista agredido “apresentava hematomas visíveis em toda a face, com os lábios cortados e as mãos arranhadas, além do polo da farda destruído”.

“Na posse de elementos de caracterização do suspeito, os polícias conseguiram visualizá-lo um pouco mais à frente, onde o intercetaram e algemaram por forma a consumar a detenção”, acrescenta a PSP. A arma utilizada nas agressões viria a ser apreendida na posse de outro homem.

O detido, que é suspeito da prática do crime de ofensas à integridade física, vai ser presente ao Tribunal Judicial de Lisboa para que lhe sejam aplicadas as respetivas medidas de coação.