Chapitô vai apresentar, no Centro Cultural e de Congressos (CCC) das Caldas da Rainha, o espetáculo multidisciplinar “This is Me”, agendado para o próximo dia 7 de agosto.

A produção multidisciplinar, que combina as linguagens acrobáticas e circenses com a dança, a representação e a música, sobe ao palco do grande auditório do CCC, lembrando, segundo o Chapitô, “a importância de valores como a aceitação, criatividade, solidariedade e renovação”, valores que a companhia considera “cruciais” no percurso de “regresso ao equilíbrio e à lucidez” necessária para ultrapassar os atuais desafios coletivos.

Na sinopse, a companhia divulga que a encenação “articula e integra o conteúdo das múltiplas disciplinas com as artes circenses, conduzindo o espetador numa viagem de diversos conteúdos visuais e emocionais”.

Em palco “intercalam-se momentos cómicos e dramáticos, de interiorização e de explosão de forças, numa linha dinâmica contínua”, em que “a fluidez de um dueto de dança contemporânea partilha a cena com o rigor acrobático de um duo de forças combinadas e o equilíbrio natural de uma contorcionista associa-se ao risco da acrobacia aérea ou mesmo à alegria da técnica clown“, refere a companhia.

A proposta passa por acrobacias, malabares, bola de contacto, dança, clown, contorcionismo, forças combinadas, corda/lira/tecido aéreo, mastro chinês e roda cyr.

O espetáculo, integrado na programação de verão “Caldas Anima”, será o evento de maior dimensão desde o início do ‘desconfinamento’ do Centro Cultural e de Congressos de Caldas da Rainha, ao qual foi atribuído o selo “Estabelecimento Clean & Safe” para Recintos de Espetáculos de Natureza Artística.

Este selo para Recinto Saudável & Seguro é atribuído pelo Turismo de Portugal e pela Inspeção Geral das Atividades Culturais (IGAC).

A atribuição deste selo “garante que o espaço reúne as condições adequadas em matéria sanitária a diferentes níveis, oferecendo ao mesmo tempo os elementos de conforto e de segurança aos espetadores e consumidores culturais”, refere um comunicado do CCC.

No mesmo comunicado, o CCC considera que se encontra “na vanguarda na aquisição de equipamentos para a esterilização de espaços, tendo adquirido um equipamento de radiação ultravioleta”, um desinfetante de ar, água e superfícies, amplamente utilizado há mais de 40 anos.

Todas as bactérias ou vírus testados até à data (incluindo os vários coronavírus), são neutralizados pela desinfeção UVC”, garante a direção do CCC.