Treze concelhos dos distritos de Bragança, Guarda, Viseu, Santarém e Castelo Branco estão esta quarta-feira em risco máximo de incêndio, num dia em que está prevista possibilidade de trovoada no interior norte e vento forte nas terras altas.

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), em risco muito elevado de incêndio estão esta quarta-feira mais de 130 concelhos dos distritos de Bragança, Vila Real, Viana do Castelo, Porto, Braga, Aveiro, Viseu, Coimbra, Guarda, Castelo Branco, Leiria, Santarém, Portalegre, Beja e Faro. Em risco elevado o IPMA coloca mais de 30 municípios dos distritos de Braga, Porto, Vila Real, Aveiro, Leiria, Coimbra, Viseu, Guarda, Castelo Branco, Santarém, Lisboa, Évora, Portalegre, Beja e Faro.

O IPMA prevê para esta quarta-feira possibilidade de aguaceiros e trovoada no interior Norte e Centro durante a tarde e vento por vezes forte nas terras altas. Está igualmente prevista uma pequena descida da temperatura mínima nas regiões Centro e Sul e da temperatura máxima no litoral oeste.

As temperaturas máximas devem subir esta quarta-feira até aos 36.º (Évora e Beja) e as mínimas não vão baixar dos 17.º (Leiria)

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Doze distritos de Portugal continental estão sob aviso amarelo devido ao tempo quente e em oito deles o aviso prolonga-se até ao final do dia de quinta-feira, segundo IPMA. O aviso amarelo por causa da persistência do tempo quente prolonga-se até às 21h00 de quinta-feira nos distritos de Bragança, Évora, Vila Real, Setúbal, Lisboa, Beja, Castelo Branco e Portalegre.

Já nos distritos de Guarda, Santarém, Viana do Castelo e Braga o aviso amarelo vigora até às 20h00 desta quarta-feira.

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) anunciou na terça-feira que o estado de alerta especial para o dispositivo de combate a incêndios vai passar a azul, o mais baixo, a partir das 00h00 desta quarta-feira devido ao desagravamento das condições meteorológicas, avançou a Proteção Civil.

Quanto à radiação ultravioleta, todo o território de Portugal continental apresenta esta quarta-feira risco muito elevado. Nestas situações é aconselhada a utilização de óculos de sol com filtro UV, chapéu, t-shirt, guarda-sol e protetor solar, e que se evite a exposição das crianças ao sol.