Há quase 50 anos, André Jordan teve um sonho. Ao visitar a então Quinta dos Descabeçados, uma propriedade agrícola com uma casa em ruínas, o chamado “pai do turismo português” sentou-se numa colina, olhou por entre os pântanos da Ria Formosa e visualizou a Quinta do Lago onde, até aí, nada existia. O homem sonhou, a obra nasceu. Nasceu e cresceu, de forma sustentada, integrada na paisagem, com baixa densidade de construção, para se tornar num dos resorts de referência em todo o mundo.

É precisamente essa baixa densidade que torna a Quinta do Lago a escolha ideal para as férias deste verão de 2020. O sonho de Jordan não previa, por certo, uma pandemia a nível global nem a conveniência em manter o distanciamento social durante o verão. Mas a verdade é que a forma como a Quinta do Lago se estende, ao longo de 645 hectares de terreno, torna-a no local perfeito para respeitar esses princípios, ao mesmo tempo que se desfruta de um serviço de luxo e de inúmeras possibilidades de atividades ao ar livre, em contacto próximo com a riquíssima natureza do Parque Natural da Ria Formosa.

O The Magnolia Hotel, o boutique hotel do grupo da Quinta do Lago, destaca-se pelo ambiente colorido, inspirado na década de 50. Foi uma das primeiras unidades hoteleiras do país a obter distinção Safe Travels, atribuída pelo WTTC, o Conselho Mundial de Viagens e Turismo, que se estendeu aos restaurantes do resort. Isto a juntar ao selo Safe & Clean do Turismo de Portugal.

A saúde de hóspedes e funcionários está, por isso, garantida, com medidas que incluem a desinfeção de todos os quartos e superfícies através de um pulverizador eletrostático, menus e informações acessíveis através de QR code, a oferta do serviço de lavandaria logo à chegada e um modelo de check-in cujas formalidades são realizadas, sobretudo, online, de forma a reduzir o tempo e contacto na receção.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A grande maioria dos quartos do hotel tem acesso direto a partir do exterior, logo dispensam o uso de elevador e diminuem a probabilidade de contacto entre hóspedes. E até o pequeno-almoço pode ser servido no quarto, para evitar que se frequentem as áreas comuns. Atualmente, o hotel está a oferecer 20% de desconto nas reservas. Às famílias, oferece a estadia das crianças.

Outra opção são as moradias de luxo, onde além de toda a privacidade e piscina exclusiva, é possível contar com um serviço personalizado. A equipa de Guest Services providencia a entrega diária de pão e de cabazes com produtos frescos de agricultores locais e o serviço Private Chef in Villa, desempenhado com todos os cuidados de higiene e segurança, leva alguns dos melhores restaurantes do resort  até à sala de jantar dos hóspedes.

A oferta gastronómica é, aliás, um dos grandes atrativos da Quinta do Lago. Espalhados pelo resort existem 12 restaurantes, com uma oferta que não podia ser mais diversificada. Do peixe e marisco fresco da Casa do Lago às pizzas do KOKO. Dos tacos e saladas do The Shack aos bifes e cocktails do Bovino Steakhouse. Da cozinha saudável do Pure aos menus degustação da Casa Velha, talvez o mais mítico dos restaurantes do resort, construído a partir da ruína existente na propriedade original. A visita é obrigatória: afinal, foi aí que tudo começou.

Para se manter ativo durante as férias, e a juntar aos campos de ténis, golfe e padel, o complexo The Campus oferece condições únicas de treino, que tanto se adequam a desportistas de classe mundial, como a meros amantes do desporto ou a famílias ativas com pequenos atletas irrequietos. Além do ginásio de alto rendimento, o complexo propõe aulas de fitness ao ar livre e serviços de personal training. Mais uma vez, com toda a segurança. Tudo somado, são ou não são umas férias de sonho?