Dez pessoas foram detidas pela GNR numa operação que desmantelou “uma rede de tráfico de droga que operava em todo o país, especialmente no distrito do Porto e Algarve”, divulgou esta segunda-feira o comando do Porto daquela força policial.

Em comunicado, o Comando Territorial do Porto da GNR esclarece que os 10 indivíduos, com idades entre os 30 e os 50 anos, foram detidos pelo Núcleo de Investigação Criminal de Santo Tirso após uma “investigação que durava há cerca de 18 meses e que resultou no desmantelamento de uma rede que se dedicava ao tráfico de estupefacientes em todo o território nacional, com especial incidência no distrito do Porto e do Algarve“.

Durante a operação, foram feitas “quatro buscas domiciliárias e quatro não domiciliárias, nas localidades de Porto, Valongo, S. Brás de Alportel, Loulé e Albufeira”, tendo daí resultado “a apreensão de 543 doses individuais de cannabis, 500 de ectasy, 330 de MDMA, 42 plantas de cannabis adultas e 37 em fase de gestação“.

A GNR apreendeu ainda “30 doses individuais de cocaína, 26 selos de LSD, 25 doses de pólen de haxixe, 2,5 centilitros de LSD líquido, cinco telemóveis e quatro balanças”. Da ação policial resultou ainda a apreensão de duas viaturas, uma arma de fogo e quatro munições, 1.900 euros em dinheiro e “diverso material de corte e acondicionamento de matéria estupefaciente”.

Entre os detidos, nove têm nacionalidade portuguesa e um nacionalidade espanhola, acrescentou a GNR.