A Polícia Judiciária (PJ) apreendeu 2,8 toneladas de haxixe dissimuladas num compartimento falso dentro de um camião que circulava no Algarve em direção a Espanha, detendo também o seu condutor, foi anunciado esta terça-feira.

Em comunicado, a PJ adianta que a operação, realizada na passada quinta-feira, ocorreu “no contexto de uma fiscalização de trânsito efetuada a uma viatura pesada de transporte de mercadorias, de matrícula estrangeira, quando transitava na A22 com destino a Espanha“.

Quando o camião circulava na zona de Monte Gordo, em Vila Real de Santo António (distrito de Faro), já próximo da fronteira com Espanha, as autoridades detetaram “uma desconformidade entre a medida do comprimento exterior e interior da galera de carga do veículo”.

Tratava-se “de um compartimento falso que ocultava os fardos de haxixe”, tendo sido apreendidos, ao todo, um total de 81 fardos, com um peso de 2.835 quilos, além do veículo pesado e da galera de transporte.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O detido é um homem de 32 anos “sobre o qual recaem fortes suspeitas da prática do crime de tráfico ilícito de estupefacientes”. Depois de presente ao Tribunal de Faro, foi-lhe aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

O veículo pesado já tinha sido sinalizado em trânsito no Algarve nas últimas semanas, tendo a operação contado com a colaboração da Brigada de Trânsito da GNR de Albufeira. A investigação prossegue a cargo da Polícia Judiciária, tutelada pelo Ministério Público de Faro.