Os termómetros devem chegar esta quarta-feira aos 39 graus no interior do país, dia em que o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê uma subida da temperatura máxima em Portugal. Não é pois de estranhar que cerca de 40 concelhos dos distritos de Vila Real, Viseu, Guarda, Castelo Branco, Portalegre, Santarém e Faro estejam sob risco máximo de incêndio. Os distritos de Bragança, Viseu, Évora, Guarda, Vila Real, Beja, Castelo Branco e Portalegre estão com aviso amarelo.

O IPMA coloca também em risco muito elevado de incêndio cerca de uma centena de municípios do interior Norte e Centro e da região algarvia e em risco elevado mais de meia centena de concelhos nos distritos de Faro, Beja, Évora, Portalegre, Coimbra, Viseu, Aveiro, Porto, Braga e Vila Real.

O aviso amarelo por causa do calor vai vigorar até às 21h00 de quinta-feira nos distritos de Viseu, Guarda, Vila Real, Castelo Branco e Portalegre e nos restantes prolonga-se até às 21h00 de sexta-feira.

Por causa da manutenção do risco elevado de incêndios, o Exército e a Marinha vão reforçar entre esta quarta-feira e sexta-feira os contingentes no terreno para vigiar e prevenir fogos florestais.

Segundo um comunicado do Estado-Maior General das Forças Armadas (CEMGFA), 16 patrulhas (12 do Exército e quatro da Marinha), compostas por 144 elementos vão ser distribuídas pelo território continental em nove distritos: Bragança, Castelo Branco, Faro, Guarda, Porto, Portalegre, Santarém, Viseu e Vila Real.

Os 144 militares vão juntar-se aos 116 que já estão em funções, no âmbito do Protocolo Faunos, em apoio ao Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas.

Os distritos de Portalegre, Évora e Beja apresentam esta quarta-feira risco extremo de exposição aos raios ultravioleta (UV) e o restante território de Portugal continental está todo com risco muito elevado.

O risco de exposição à radiação UV é muito elevado nas ilhas da Madeira e Porto Santo, assim como em São Miguel e Terceira, nos Açores. As ilhas açoreanas do Faial e Flores apresentam risco elevado.

O IPMA prevê para esta quarta-feira uma subida das temperaturas máximas e nebulosidade matinal no litoral oeste a sul do Cabo Mondego. Durante a tarde, a nebulosidade vai aumentar no interior Norte e Centro, com baixa probabilidade de ocorrência de aguaceiros dispersos e trovoadas, em particular em zonas montanhosas.

O vento vai soprar fraco a moderado do quadrante norte e por vezes forte do quadrante leste nas terras altas das regiões Norte e Centro até ao início da manhã, e rodando para quadrante oeste a partir da tarde.

As temperaturas máximas deverão variar entre os 24.º (Sines) e os 39.º (Beja e Évora) e as mínimas entre os 14.º (Leiria) e os 21.º (Faro).