Doze candidatos pró-democracia de Hong Kong, entre os quais Joshua Wong, foram desqualificados para concorrer às eleições de setembro, indicou esta quinta-feira o executivo da região administrativa especial.

“O governo defende a decisão (…) de invalidar as 12 candidaturas às eleições do Conselho Legislativo”, anunciou o governo da Região Administrativa Especial de Hong Kong através de um comunicado.

Os partidos pró-democracia em Hong Kong realizaram em julho primárias para nomearem os seus candidatos para as eleições parlamentares previstas para setembro, apesar dos avisos das autoridades de que corriam o risco de violar a nova lei de segurança.

A votação, que contou com a participação de 600 mil pessoas, foi considerada ilegal pelas autoridades da República Popular da China.