Dois homens estrangeiros de 25 e de 29 anos foram notificados pela GNR para abandonar voluntariamente o território nacional no âmbito de uma operação de combate à imigração ilegal realizada em Idanha-a-Nova, foi esta quinta-feira anunciado.

Em comunicado, o Comando Territorial de Castelo Branco da GNR explica que foi realizada na quarta-feira, em conjunto com inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), uma operação de fiscalização direcionada para o controlo de cidadãos estrangeiros no concelho de Idanha-a-Nova, distrito de Castelo Branco.

No total, foram fiscalizados 44 cidadãos estrangeiros de várias nacionalidades.

As fiscalizações foram concretizadas nos principais itinerários existentes na União de Freguesias de Idanha-a-Nova e Alcafozes e na Freguesia do Ladoeiro, e também em determinadas propriedades agrícolas”, lê-se na nota.

A operação contou ainda com o reforço do Destacamento de Intervenção e com o Destacamento Territorial de Idanha-a-Nova da GNR.