Pelo menos 29 pessoas morreram num deslizamento de terra que arrastou dezenas de trabalhadores de uma plantação de chá no Sudoeste da Índia, anunciou a polícia local neste domingo.

O deslizamento de terra aconteceu na sexta-feira no Estado de Kerala, em Idukki (a 250 quilómetros de Thiruvananthapuram), mas as operações de busca e resgate foram atrasadas e muito prejudicadas pelas chuvadas torrenciais da Monção, que também estiveram na origem do desastre.

“Ontem à noite retiramos 26 corpos. Hoje retiramos outros três”, afirmou um responsável da polícia distrital, citado pela AFP.

De acordo com a imprensa local, cerca de 80 pessoas estavam instaladas na zona afetada pelo deslizamento. Ou seja, ainda há muitas pessoas desaparecidas.

O Estado de Kerala já tinha sido palco de um acidente mortal causado pela Monção. Um avião comercial despenhou-se ao aterrar no meio de uma tempestade, causando 18 mortos.

A monção é um dos fenómenos metereológicos que caracterizam o sul da Ásia, essencial para alimentar os rios e os veios freáticos. No entanto, todos os anos também causa muitas mortes e avultados danos. Mais de 300 pessoas morreram nas últimas semanas nas inundações e deslizamento de terras no Bangladesh e no Nepal, bem como no Leste e nordeste da Índia.