Mark Kozelek, cantor e compositor norte-americano ligado ao grupo Red House Painters e, desde 2002, ao projeto Sun Kil Moon, foi acusado de assédio e abusos sexuais por três mulheres. Relatos publicados pela revista Pitchfork dão conta que o músico terá exposto a sua nudez sem consentimento, forçado uma mulher a tocar as suas partes íntimas e pressionou uma jovem de 19 anos a ter relações sexuais.

Sarah Catherine Golden é uma das três mulheres que acusa Kozelek e, segundo seu testemunho, conheceu o músico em 2017 durante voo de Madrid para Portugal. Após uma conversa, o cantor acabou por lhe ofereceu um bilhete para que a norte-americana pudesse assistir ao concerto na cidade de Espinho. Depois o espetáculo, Golden não sabia como regressar ao Porto, onde se encontrava hospedada, e Mark Kozelek ofereceu-se para chamar um táxi a partir do seu hotel.

No hotel, Sarah Golden revela ter ficado surpreendida ao ficar a sós com o músico no quarto, acabando por recusar o convite para passar a noite com ele. Nesse momento, o comportamento do artista “mudou completamente”. “Fiquei em choque”, refere a mulher, acusando-o de se masturbar, apalpando-a, puxando-lhe as roupas e obrigando-a a tocar no seu pénis.

Outro testemunho publicado pela Pitchfork é o de uma jovem que tinha 19 anos em 2014. Andrea (nome falso), grande fã do artista, esteve presente num concerto em 2014 em Raleigh, nos Estados Unidos da América. O músico deu-lhe o seu número de telefone e de madrugada convidou-a para o seu quarto. Segundo conta a mulher, Kozelek tomou banho e tirou a toalha, ficando completamente nu. “Ele estava em cima de mim (…) tive muito medo de dizer ‘não’”, recorda.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Andrea e Kozelek tiveram relações sexuais em Raleigh e mantiveram um relacionamento à distância durante cerca de três meses. Durante esse período, a jovem descreve alguns de seus encontros sexuais com o músico como consensuais e outros onde refere que se sentiu pressionada a ter relações íntimas em locais públicos.

A Pitchfork afirma ter contactado os representantes do músico durante meses, não conseguindo obter uma reação até ao momento.