Há vinte dias, desde 24 de julho, que Portugal não registava mais de 300 novos casos de Covid-19 num só dia. O cenário voltou a repetir-se esta quinta-feira, com o boletim epidemiológico a dar conta de 325 novos casos de Covid-19 e seis mortes.

Até agora, foram detetados em Portugal 53.548 casos de contágio e 1.770 pessoas morreram. Foi também a maior subida do número de casos num mês: é preciso recuar até 16 de julho para encontrar um número de novos casos maior (339).

Número de novos casos dispara em Portugal: 325. É o número mais alto desde 16 de julho. Houve seis mortes

As seis pessoas que morreram de Covid-19 nas últimas 24 horas tinham mais de 70 anos, de acordo com o boletim divulgado pela DGS. Quatro óbitos ocorreram na região de Lisboa e Vale do Tejo e dois na região Norte. Desta vez, o número de novos casos foi inferior ao número de doentes recuperados. Nas últimas 24 horas, recuperaram da infeção 237 pessoas, elevando o total para 39.177 já curados.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Lisboa e Vale do Tejo continua à frente em número de novos casos

Dos 325 novos casos identificados no boletim desta quinta-feira, 204 (ou seja, 62%) foram registados na região de Lisboa e Vale do Tejo. Segue-se a região Norte, com 84 novos casos (26% do total).

Na região Centro foram detetados mais 22 casos; no Alentejo mais 6; no Algarve mais 8 e na Madeira mais 1. Os Açores não registaram novos casos.

O boletim epidemiológico desta quinta-feira dá ainda conta de uma redução do número de doentes internados. Há agora 358 pessoas internadas nos hospitais portugueses com Covid-19 (menos 9 do que na quarta-feira), 39 das quais em cuidados intensivos (menos uma).