Os concelhos de Almada, Seixal, Barreiro, Moita e Setúbal e Vila Franca de Xira vão ter as suas equipas multidisciplinares de combate à Covid-19 reforçadas, segundo adiantou ao jornal Público Rui Portugal, na qualidade de responsável pelo Gabinete de Intervenção para a Supressão da Covid-19 e Lisboa e Vale do Tejo.

Equipas multidisciplinares contactaram 600 pessoas na Área Metropolitana de Lisboa num só dia

O também subdiretor-geral da Saúde explicou que estes seis concelhos têm uma “alta densidade populacional e com níveis sócio-económicos instáveis, o que por si faz com que o risco esteja aumentado”.

As equipas, compostas por profissionais de Saúde Pública, Segurança Social, Proteção Civil municipal e forças de segurança, não serão necessariamente novas, uma vez que podem contar com a deslocação de elementos que estão nas equipas de outros concelhos onde a situação está mais controlada.

Há vinte dias que Portugal não registava mais de 300 casos novos de Covid-19

Rui Portugal, que está neste gabinete de intervenção desde junho, garante que, neste momento, todas as cadeias de transmissão da área de Lisboa e Vale do Tejo estão identificadas — isto num dia em que o número de casos diários foi o mais alto desde 16 de julho (325).