Marcelo Rebelo de Sousa não irá esquecer tão depressa o primeiro mergulho daquele que é o seu primeiro dia de férias no Algarve. Uma canoa onde seguiam duas jovens virou-se no mar da praia de Alvor, no concelho de Portimão, e o Presidente da República nadou até elas para as ajudar e ali permaneceu até à chegada do nadador-salvador.

“Aquelas jovens vinham de outra praia e, como há uma corrente muito grande de Oeste, foram arrastadas na direção destas praias. Viraram-se e engoliram muita água e não eram capazes nem de virar nem de subir para lá, nem de nadar, tal a força da corrente”, explicou Marcelo em declarações à SIC.

Nas imagens transmitidas pelo canal, é possível ver Marcelo junto às duas jovens, que usavam coletes salva-vidas, a tentar virar a canoa. Depois, o nadador-salvador acaba por chegar numa mota de água e auxiliar também. “Foi possível empurrá-las evitando a corrente que estava muito forte e felizmente houve ali uma ajuda de outro patriota. E assim os dois conseguimos ajudar as jovens“, disse o Presidente da República.

Já no areal, Marcelo aproveitou para deixar alguns conselhos para situações como estas: “Para o futuro, têm de ter muito cuidado porque, apesar de terem coletes, não sabendo nadar muito bem — e mesmo quem sabe nadar muito bem —, ir para fora e querer ao mesmo tempo ficar com a canoa e depois voltar para terra, na idade delas, que são muito miúdas, é muito difícil”.