O presidente da Câmara da Figueira da Foz e líder do PS local mostrou-se esta segunda-feira “indignado” com a postura do PSD no caso do presidente de Junta que citou Mussolini e disse que o assunto está encerrado.

O presidente da Junta de Freguesia de São Pedro, na Figueira da Foz, apelidou de tolos e ignorantes os autores de uma petição, utilizando, num ofício em papel timbrado, uma citação atribuída ao ditador fascista italiano Benito Mussolini.

Autarca de freguesia da Figueira da Foz cita Mussolini e apelida de tolos autores de petição

“O presidente de junta já referiu que não pretendeu citar Mussolini, não tão pouco sabia que a frase lhe estava associada, o que, em termos de Partido Socialista concelhio, encerra o assunto”, disse esta segunda-feira à agência Lusa o presidente da Câmara da Figueira da Foz e líder concelhio socialista, Carlos Monteiro. O presidente do município manifestou-se ainda “indignado” com a abordagem de que diz ter sido alvo por parte da concelhia do PSD.

O PSD da Figueira da Foz acusou o presidente da junta de freguesia socialista de má conduta democrática, exigindo ainda ao presidente da Câmara Municipal que, “de uma forma clara e inequívoca, manifeste o seu e o do seu partido maior repúdio por mais este desaforo à democracia representativa”, sob a pena “de estar a ser cúmplice de má conduta democrática” do presidente da junta, António Salgueiro.

PSD da Figueira da Foz acusa autarca que citou Mussolini de má conduta democrática

“Os presidentes de junta têm de prestar contas aos seus fregueses e não ao presidente da Câmara”, afirmou ainda Carlos Monteiro.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Na sequência de uma exposição enviada à Junta de Freguesia relativa a um problema com uma caixa multibanco avariada no mercado local, assinada por duas residentes que juntaram à carta uma petição subscrita ao longo do mês de julho por uma centena de pessoas, António Salgueiro, eleito pelo PS, afirmou, também por escrito: “O silêncio é a única resposta que devemos dar aos tolos. Porque onde a ignorância fala, a inteligência não dá palpites”.

A frase utilizada pelo autarca socialista é atribuída, em inúmeras fontes espalhadas pela Internet, ao ditador italiano Benito Mussolini, considerado o pai do fascismo e aliado de Hitler, que morreu em 1945.