O presidente da Câmara Municipal de Odivelas estimou esta quarta-feira que o novo Centro de Saúde de Famões possa abrir portas em 2021, para servir 7.600 utentes, num investimento de cerca de 1,4 milhões de euros.

Em declarações à agência Lusa, Hugo Martins (PS) explicou que já foi lançado o concurso público para a construção deste equipamento, que substituirá o atual que “funciona numa vivenda, num local pouco acessível”.

A população da vila de Famões vai passar a ter um equipamento moderno, acolhedor e localizado num local privilegiado, numa zona central e com bons transportes públicos”, sublinhou o autarca.

O futuro Centro de Saúde de Famões, que a autarquia de Odivelas estima estar funcional dentro de um ano, vai localizar-se junto à Alameda Silva Porto, numa área bruta de construção de cerca de 650 metros quadrados.

O projeto contempla uma área de atendimento, sala de espera, instalações sanitárias, salas de prestação de cuidados de saúde, salas de tratamentos, gabinetes de consulta, gabinetes de enfermagem e todas as áreas e funções de apoio, nomeadamente salas de material clínico, terapêutico, administrativo e arrecadações.

Esta infraestrutura representa um investimento de cerca de 1,4 milhões de euros e vai servir 7.600 utentes.