O Presidente da República anunciou esta quinta-feira que a decisão de promulgar ou não a alteração à lei eleitoral dos Açores será tomada na sexta-feira, dado haver um partido que suscita dúvidas em relação ao diploma.

O prazo está a terminar e amanhã tomo a decisão se promulgo ou se veto a alteração à lei eleitoral dos Açores, uma vez que há um partido com representação, não na Assembleia da República, mas na Assembleia Legislativa Regional que suscita dúvidas em relação ao diploma”, disse Marcelo Rebelo de Sousa.

O Chefe de Estado falava aos jornalistas à margem de um jantar de trabalho com os autarcas do Algarve, no concelho de Portimão. Marcelo Rebelo de Sousa assegurou que “qualquer que seja a decisão”, estará em condições de, “logo a seguir, convocar as eleições”.

“Se, por exemplo, entrar em vigor a lei, entra no dia seguinte, ou seja, no dia 22, de convocar as eleições e se for assim, para o dia 25 de outubro”, afirmou o Presidente da República.

Marcelo Rebelo de Sousa cumpre esta quinta-feira a sétima visita no espaço de uma semana a concelhos do Algarve, depois de ter visitado Albufeira, Vila Real de Santo António, Tavira, Loulé, Lagoa, Lagos e Silves.