Wine House Hotel da Quinta da Pacheca

Rua do Relógio do Sol, 261, Lamego; tel.: 254 331 229. A partir de 180 euros em quarto duplo, com pequeno-almoço incluído

Para quem gosta de dormir com um pé nas vinhas: a nova ala do The Wine House Hotel da Quinta da Pacheca foi finalmente inaugurada. O novo edifício, contíguo à casa principal, é composto por 24 quartos, a maioria deles voltados para as águas durienses, marcados por uma arquitetura e decoração contemporâneas. Mas a unidade hoteleira tem mais o que oferecer, incluindo 10 “wine barrels”, para pernoitar em barricas de luxo rodeadas pela vinha, a piscina exterior, situada numa parte mais elevada da propriedade, o spa com circuito de águas e uma nova wine shop.

© Pedro Sarmento Costa

Douro Taxi River

Porto e Gaia; tel.: 223 742 800, info@dourorivertaxi.com. Todos os dias, das 12h às 20h, 3 euros por pessoa

Para quem não enjoa: o Douro River Taxi é apresentado como a travessia mais rápida entre Porto e Gaia — são precisos apenas três minutos para cruzar as duas margens do rio Douro — e está de regresso às águas que banham as famosas caves de vinho do Porto. Este táxi dos rios voltou a levantar a âncora e está disponível para receber tripulantes a bordo das Rabelas (embarcações inspiradas nos antigos barcos Rabelos, que outrora eram usados para transportar as pipas com vinho do Porto). A travessia permite não só desfrutar da paisagem, com a ponte D. Luís ali tão perto, como aceder a uma das novidades da Invicta, isto é, o quarteirão recentemente inaugurado completamente dedicado ao vinho, World of Wine. O trajeto pode ser feito de sábado a segunda, a cada 15 minutos, das 12h às 20h (tem capacidade máxima para 15 pessoas e cada bilhete custa 3 euros).

© WWW.NUMO.PT

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Exposição Fotográfica Mater

Estação Viana Shopping, R. Gen. Humberto Delgado 101, Viana do Castelo; tel.:  258 100 500. Evento gratuito

Para quem quer matar saudades de uma boa romaria: o Estação Viana Shopping tem patente até ao dia 31 de agosto uma exposição dedicada à festa de Nossa Senhora d’Agonia que, pela primeira vez em 248 anos, não se vai realizar nem encher as ruas de Viana do Castelo. A exposição Mater, que significa “mãe”, é tida como uma homenagem do fotógrafo e designer vianense Rui Carvalho à tradição. Da exposição fazem parte cerca de 30 imagens, com uma dimensão 3×2 metros, as quais ocupam vários locais do centro e em diversos formatos. A iniciativa conta com o apoio da Câmara Municipal de Viana do Castelo e da VianaFestas.

© DR

Febres de Lisboa

Visionamento no Youtube. Evento Gratuito

Para quem tem saudades do teatro: a mais recente produção da Companhia João Garcia Miguel, intitulada “Febres de Lisboa”, fica disponível online às 21h30 do dia 20 de agosto, depois de ter subido ao palco do Teatro Ibérico, na capital, no último mês de junho. A peça sobre “o papel da imaginação no combate ao isolamento e a relação do homem com a natureza e a cultura”, tal como se lê na respetiva nota de imprensa, chega agora a casa de todos os portugueses — para tal basta aceder a este link. O espetáculo sobre isolamento social parte da obra “Prosas Bárbaras”, de Eça de Queiroz, e tem como pano de fundo a cidade de Lisboa. Conta com os atores Manuel Sá Pessoa, André Marques, Diogo Tormenta e Nilson Muniz.

© DR

Voar em balão de ar quente no Alentejo

Hotéis Moov, no Porto e em Évora; a partir de 99,50 euros por pessoa

Para quem não tem medo de alturas: os hotéis Moov, em Évora e no Porto, somam agora experiências difíceis de repetir à estadia naquelas unidades hoteleiras. Comecemos pelo Alentejo, cujo convite inclui sobrevoar a região a bordo de um balão de ar quente através do programa “Moov in the air”, sendo que a viagem pode ser feita a dois ou em grupo — a experiência custa 364 euros para duas pessoas com uma noite em quarto duplo, com a viagem de balão a durar aproximadamente uma hora; o voo tem lotação máxima de cinco pessoas. A norte a ideia passa por fazer o batismo de surf em Matosinhos, desta feita com o programa “Moov in the water”. Esta experiência inclui alojamento com pequeno almoço — o custo por noite e por pessoa é de 109,50 euros, no Moov Porto Centro, ou 99,50 euros no Moov Porto Norte. As aulas têm a duração aproximada de 1h30 e são privadas.

© DR

Vindima Mayor

Herdade das Argamassas, Campo Maior: tel.: 268 699 440. A partir de 60 euros

Para quem se acha um viticultor: de 12 de agosto a 16 de setembro, a Adega Mayor, em Campo Maior, abre as portas para receber todos os que queiram participar nas vindimas. A produtora disponibiliza três programas distintos: um deles com piquenique incluído, outro com direito a almoço no restaurante Aperta, e um terceiro com estadia na Herdade dos Adaens, onde será possível usufruir da piscina biológica, da quinta pedagógica e do centro interpretativo do mel. Todos os programas exigem marcação prévia e têm um número limitado de seis participantes por grupo. As reservas podem ser feitas através do email enoturismo@adegamayor.pt.

© SARA MATOS

Reabertura do Sky Bar Carvoeiro

Estr. do Farol 5, Carvoeiro; tel.: 282 351 100. Todos os dias, 18h às 22h

Para quem gosta de ver o pôr do sol: o Sky Bar Carvoeiro reabriu nos primeiros dias de agosto com um convite para aproveitar os finais de tarde. No espaço ao ar livre, com vista para as falésias do barlavento algarvio, chegam à mesa mariscos locais, como as ostras da Ria Formosa, o camarão com flor-de-sal de Castro Marim, as vieiras e a sapateira, sem esquecer petiscos típicos da época estival, como tártaros, saladas e conservas artesanais da Saboreal servidas com tostas de pão caseiro. Os cocktails, esses, ficam à mercê do mixologista Rafael Silva, sendo que nos vinhos o destaque vai para os rótulos produzidos no Algarve. Depois de um dia de praia, o Sky Bar Carvoeiro mete-se a jeito para receber o lusco-fusco.

© DR

Chá da Tarde no Savoy Palace

Av. do Infante 25, Funchal; Tel.: 291 213 000. Todos os dias, das 15h às 18h; a partir de 32,5€ por pessoa

Para quem se quer sentir very british: todos os dias, entre as 15h e as 18h, o lobby do hotel Savoy Palace, na Madeira, recebe o chá da tarde, com direito a scones (com e sem sultanas, para barrar com manteiga sem sal envolvida em nata batida, com mel ou compotas de fruta, oriundos de um produtor local), pastelaria fresca e infusões aromáticas. O menu ao cuidado do chef Pedro Campas considera ainda mini sanduíches, feitas com diferentes tipos de pão (incluindo de azeitona com queijo e pepino ou pão rústico com salada de ovo trufado e agrião), mas também macarons, cheesecake e tarteletes, propostas que fazem parte do cardápio de um verdadeiro “Chá das 5”.

© Henrique Seruca

“Nunca mais é sábado” é uma rubrica que reúne as melhores sugestões para aproveitar o fim de semana.