O número total de casos de Covid-19 registados em Portugal subiu este domingo para 55.597, depois de nas últimas 24 horas terem sido detetados mais 145 infeções. Trata-se de um decréscimo de novas infeções face ao dia anterior  — no sábado foram confirmadas 219 novas infeções e na sexta-feira 291. A região Norte é agora a mais afetada pela pandemia.

Segundo o boletim divulgado pela Direção-Geral da Saúde, o número de óbitos subiu para 1.796. São mais 2 do que ontem.

Já o número de recuperados cresceu em 122 para um total de 40.774 pessoas (no sábado contabilizaram-se 179 pessoas recuperadas). Existem neste momento 317 pessoas internadas com Covid-19, mais 1 do que ontem. Em cuidados intensivos estão 47, mais 5 do que ontem. Há 13.027 casos ativos, mais 21 do que ontem, e 34.413 contactos em vigilância, mais 243 do que no sábado.

As duas vítimas mortais — ambas acima dos 80 anos — correspondem a Lisboa e Vale do Tejo e à região Norte. Trata-se de um homem e de uma mulher.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Relativamente à caracterização demográfica dos casos confirmados, no total, há mais mulheres (30.590) infetadas do que homens (25.007). A faixa de população com mais pessoas infetadas continua a ser a dos 40 aos 49 anos.

Norte com 69 novos casos, mais 22 do que em Lisboa e Vale do Tejo

No que toca à distribuição geográfica dos novos casos, destaca-se a região Norte, com 69 dos 145 novos casos (47,6%). Em Lisboa e Vale do Tejo assiste-se a um decréscimo, contabilizando 47 casos, o que se traduz em 32,4% (no sábado acumulava 127 infeções). São menos 22 do que no Norte.

O Algarve conta com 14 casos, a região Centro com 13. O Alentejo regista 2 infeções e não há casos a assinalar nas ilhas — ao contrário do que acontecia há vários dias (24,3% de todos os casos na Madeira dizem respeito a estas três semanas de agosto; o arquipélago teve 16% de todos os casos desde o início da pandemia só em agosto).