Um referendo sobre uma revisão da Constituição argelina, prometido pelo Presidente Abdelmadjid Tebboune, vai ser realizado a 1 de novembro, anunciou esta segunda-feira a Presidência, em comunicado.

À luz das consultas do Presidente da República com os partidos, foi decidido fixar a data de 01 de novembro de 2020 para a realização do referendo sobre o projeto de revisão da Constituição”, especificou-se no texto.

O dia 1 de novembro é o dia em que se celebra o aniversário do início da guerra da independência da Argélia, que durou de 1954 a 1962. Quando tomou posse, em dezembro, Tebboune comprometeu-se a rever a lei fundamental da Argélia.

Esta iniciativa pretende responder — no quadro da Nova República prometida por Tebboune — ao “Hirak”, o movimento de protesto popular que exige uma mudança do sistema político.