A Polícia Judiciária (PJ) de Macau anunciou esta terça-feira que deteve 11 homens por estarem alegadamente envolvidos na partilha ou terem recebido um vídeo de pornografia envolvendo uma menor.

Os 11 homens, de nacionalidade nepalesa, já foram encaminhados para o Ministério Público pelo delito de pornografia envolvendo menores, e a PJ prometeu continuar a procurar os outros envolvidos no caso.

A PJ de Macau explicou que no dia 11 de agosto de 2020 “recebeu uma notificação da Interpol de que um vídeo pornográfico envolvendo uma rapariga menor e um homem tinha sido distribuído entre maio e julho deste ano através do ‘software’ de comunicação social de Macau”.

“Após investigação e análise, o gabinete conseguiu obter pistas relevantes e trouxe 11 trabalhadores estrangeiros nepaleses do sexo masculino envolvidos no caso dos seus locais de trabalho para investigação no dia 24 de Agosto”, detalhou em comunicado.

Os detidos admitiram que receberam o vídeo através de “colegas ou compatriotas estrangeiros através de ‘software’ de comunicação ou descarregados da Internet”.

“Após investigação, não houve qualquer indicação de que os menores, as pessoas envolvidas ou o local das filmagens estivessem relacionados com Macau”, indicou a PJ na mesma nota.