A perder pela margem mínima ao intervalo na receção ao Santa Clara, Zivkovic foi lançado para a segunda parte a par de Carlos Vinícius para o lugar de Gabriel (e Seferovic). No final, num encontro com duas reviravoltas, foram os açorianos a chegar ao triunfo por 4-3 – e aí começou também a acabar a esperança encarnada em chegar ao título. Mais de um ano depois, o sérvio voltava a ser opção, algo que voltou a acontecer em mais dois encontros até ao final da Liga, um com Bruno Lage (Marítimo, 17′) e outro com Nelson Veríssimo (V. Guimarães, 2′). Poderiam estas entradas esporádicas significar uma segunda vida do esquerdino na Luz? A resposta chegou esta quarta-feira.

Sérvio Zivkovic assina pelo Benfica

“O Sport Lisboa e Benfica chegou a acordo com o jogador Andrija Zivkovic com vista à rescisão do seu contrato. O avançado sérvio de 24 anos, recorde-se, chegou à Luz no verão de 2016 – após terminar contrato com o Partizan – onde, em quatro temporadas, conquistou dois Campeonatos Nacionais e uma Taça de Portugal”, anunciaram ao final da tarde os encarnados, terminando de forma antecipada um vínculo que acabava em 2021.

Zivkovic diz que escolheu o Benfica pela sua “enorme história”

Apesar da parca utilização na última temporada, onde fez além desses 64 minutos em três jogos no Campeonato mais 62 minutos frente ao Sp. Covilhã para a Taça da Liga, o internacional sérvio era um dos jogadores com salário mais elevado no plantel após ter chegado a custo zero do Partizan, com um vencimento a rondar os três milhões de euros brutos neste quarto ano de ligação às águias. O clube terá percebido a falta de vontade de renovar contrato por parte do jogador, perante propostas que seriam mais baixas do que recebia atualmente.

“Obrigado Zivkovic!”, destacou também o Benfica através das suas redes sociais, num vídeo de despedida a um jogador que ganhou três títulos na Luz. O esquerdino, que atuou como médio, ala e médio ofensivo, começou esta passagem pelos encarnados com 24 jogos na época de 2016/17, seguindo-se duas temporadas onde cumpriu um total de 30 encontros oficiais em cada. Rui Vitória, Bruno Lage e Nelson Veríssimo foram os três técnicos ao longo da passagem do balcânico pela formação da Luz. Numa altura em que começa a riscar jogadores do plantel para a próxima temporada, Jorge Jesus assumiu que não contaria com o jogador para 2020/21.

Autocarro do Benfica atacado a caminho do Seixal à saída da A2, dois jogadores sofreram ferimentos