O Ministério da Cultura e Turismo de Moçambique cancelou a Feira Internacional do Turismo de Maputo de 2020, devido à pandemia de Covid-19, anunciou esta quarta-feira a entidade.

Fonte daquele ministério, citada pelo Notícias, o principal diário moçambicano, disse que o facto de o setor de turismo ter sido atingido pelo impacto do novo coronavírus tornou inviável a realização da feira, que estava marcada para outubro. Além de ter provocado o encerramento de empresas e instâncias turísticas, o impacto da pandemia de Covid-19 impôs restrições nas viagens de turistas. “O cancelamento do evento permitirá aos operadores do setor maior foco na recuperação do seu negócio”, disse a fonte.

O Ministério da Cultura e Turismo avançou que a Feira Internacional do Turismo de Maputo passará a realizar-se logo a seguir à feira do Indaba, da África do Sul, a maior do continente africano. A Indaba acontece anualmente em maio, na cidade sul-africana de Durban.

Moçambique regista 3.508 casos de Covid-19 e 21 óbitos.

A pandemia de Covid-19 já provocou pelo menos 813 mil mortos e infetou mais de 23,6 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

PMA // JH

Lusa/Fim