A vila de Mora, no distrito de Évora, registou esta quinta-feira o quarto dia sem novos casos de Covid-19, desde domingo, e mais duas pessoas recuperadas, o que diminui o número de casos ativos para 59, segundo o município.

O presidente da câmara municipal, Luís Simão, adiantou à agência Lusa que há, agora, “quatro pessoas recuperadas”, enquanto o quadro de internamentos hospitalares relacionados com este surto se mantém inalterado em relação a quarta-feira, com “uma pessoa nos cuidados intensivos e quatro em enfermaria”.

“São sinais positivos, numa altura em que a maior parte dos testes que têm sido realizados já são testes de cura”, referiu o autarca.

Desde o último domingo, a vila alentejana de Mora registou apenas um caso novo da doença provocada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que foi divulgado na terça-feira.

Na freguesia de Cabeção, também no concelho de Mora, tiveram “resultado negativo todos os testes às cerca de 20 pessoas” que tiveram contacto com um homem infetado que chegou a Portugal no sábado à noite e circulou por cafés da vila nesse dia, antes de receber, no domingo, o resultado positivo do teste à covid-19 realizado no aeroporto.

O homem infetado encontra-se em confinamento desde domingo, assim como as pessoas com quem contactou, que permanecem sob vigilância, apesar dos testes negativos, conforme indicação das autoridades de saúde.

O surto de Mora surgiu no dia 9 deste mês, quando foram confirmados os primeiros três casos positivos na comunidade.

A câmara ativou o Plano Municipal de Emergência e fechou os serviços de atendimento ao público e outros equipamentos.

O Ministério Público (MP) instaurou um inquérito sobre este surto de covid-19, sobre o qual a Procuradoria-Geral da República (PGR) disse à Lusa que “não deixarão de ser investigados todos os factos” que “sejam suscetíveis de integrarem a prática de crime”.