A Martifer registou 1,5 milhões de euros de lucro no primeiro semestre, abaixo dos 5,4 milhões de euros totalizados em igual período do ano anterior, foi hoje anunciado.

Nos primeiros seis meses do ano, o resultado antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA) fixou-se em 6,9 milhões de euros, inferior aos 8,2 milhões de euros apurados no primeiro semestre de 2019, indicou, em comunicado, a empresa.

Por sua vez, os proveitos operacionais ascenderam, no período em causa, a 111,2 milhões de euros, menos 4,4 milhões de euros do que no período homólogo.

Já no que se refere à faturação, a Martifer apenas revelou que “o volume de negócios gerado fora de Portugal e exportações representam cerca de 85% do volume de negócios total do grupo”, sendo que, no primeiro semestre de 2019, representavam 70% do total.

A dívida líquida, por seu turno, atingiu 70 milhões de euros, o equivalente a uma redução de 35 milhões de euros em comparação com dezembro de 2019.

De janeiro a junho, a carteira de encomendas na construção metálica e na indústria naval representou 568 milhões de euros, valor que compara com os 324 milhões de euros dos primeiros seis meses de 2019.

Por último, o investimento (capex) total somou um milhão de euros, sendo 500 mil euros das renováveis e 300 mil euros da construção metálica.

Os efeitos, extremamente negativos, da pandemia de Covid-19 na economia mundial e as incertezas quanto ao futuro obrigam, a todo o momento, a uma forte monitorização e ajustamento na atuação das empresas”, ressalvou, no mesmo documento, a Martifer.

A empresa sublinhou ainda que os próximos anos vão ser “extremamente desafiantes e um teste à capacidade de resiliência do grupo”, mostrando-se, no entanto, confiante quanto à sua preparação.

“Continuamos focados e empenhados na execução do plano estratégico e nos objetivos definidos”, nomeadamente, a procura de oportunidades que sigam “o desígnio do reforço do perfil exportador do grupo”, o investimento em infraestruturas na área naval, a rotação de ativos e aproveitamento de oportunidades em projetos eólicos e solares, bem como a procura de novas áreas de negócio, concluiu.

A Martifer é uma empresa que executa projetos no setor da construção metálica, indústria naval e energias renováveis, contando com cerca de 1.400 colaboradores, segundo a informação disponibilizada no site da empresa.