Os deputados da Juventude Social Democrata (JSD), organização juvenil do PSD, questionaram esta segunda-feira a ministra da Cultura sobre a ausência de regras para as escolas de dança no contexto da pandemia de Covid-19.

“As escolas de dança aguardam há três meses por regras. Não compreendemos a inação da Ministra da Cultura, quando o setor está a pedir insistentemente novas regras. Alunos, escolas e empregos estão em risco com este assobiar para o lado da parte do Governo”, acusou o presidente da JSD, Alexandre Poço, em comunicado.

Estes deputados do PSD realçam que os referidos estabelecimentos “apenas conseguiram reabrir seguindo as mesmas regras de funcionamento da prática desportiva e dos ginásios” e que, “em Portugal, existem cerca de 500 escolas de dança, 70 mil alunos e 5.000 profissionais, num setor onde a maioria das escolas funciona em regime pós-laboral”.