O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, anunciou esta terça-feira a prorrogação de um auxílio pago a milhões de brasileiros que perderam rendimentos durante a pandemia, que terá o valor reduzido para 300 reais (46,55 euros), a pagar até dezembro.

Falando junto de líderes de partidos do centro e membros do Governo, Bolsonaro anunciou que enviará o projeto de uma reforma administrativa na quinta-feira e também anunciou a extensão do auxílio emergencial por mais quatro meses.

Agora resolvemos prorrogá-lo [o auxílio emergencial] por medida provisória até o final do ano. O valor definido agora há pouco é um pouco superior a 50% do Bolsa Família [programa social de transferência de renda] para 300 reais”, disse o Presidente brasileiro.

Em abril passado, o governo brasileiro criou um programa para ajudar trabalhadores afetados pela pandemia que consistia no pagamento de três parcelas de 600 reais (cerca de 93 euros) até julho. O benefício foi estendido até setembro e agora prorrogado novamente, com um valor menor.

O anúncio da prorrogação do benefício social aconteceu no mesmo dia em o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que o Produto Interno Bruto (PIB) do país recuou 9,7% no segundo trimestre do ano.

O Presidente brasileiro e o ministro da Economia, Paulo Guedes foram questionados sobre o desempenho da economia do país, mas recusaram comentar o assunto.