O presidente iraniano, Hassan Rohani, disse esta quarta-feira que o Irão derrotou recentemente “várias vezes” os Estados Unidos em fóruns internacionais em assuntos relacionados com o acordo nuclear de 2015.

“Creio que não há precedentes na história, de um país, que se encontra em constante confronto política e legalmente em fóruns internacionais, derrotar tantas vezes os Estados Unidos”, disse o presidente iraniano.

Na reunião semanal com membros do gabinete governativo do Irão, Rohani disse que os Estados Unidos estão a atuar de forma “infantil” sublinhando que os argumentos de Washington não “têm nem sentido nem fundamento”.

Na terça-feira, a União Europeia, a Rússia e a República Popular da China insistiram, durante uma reunião em Viena, na determinação em manter o acordo nuclear com o Irão, contrariando as posições dos Estados Unidos que abandonaram o tratado em 2018.

Os Estados Unidos pretendem a imposição de novas sanções contra Teerão, mas o novo presidente do Conselho de Segurança da ONU, Abdou Abarry, do Níger, disse que não se prevê a aplicação de medidas porque não existe consenso.

“Quando uma pessoa está habituada ao ‘ABC’ da política entende bem que se alguém está fora de um contrato não pode usar privilégios desse mesmo contrato dois ou três anos depois de o ter abandonado”, acrescentou o presidente do Irão referindo-se aos Estados Unidos.