Dois utentes do lar na Póvoa de Santarém onde foi detetado um surto de Covid-19 foram esta quinta-feira encaminhados para o Hospital Distrital de Santarém, após terem apresentado sintomas, informou à agência Lusa o presidente do município.

De acordo com Ricardo Gonçalves (PSD), que falava à tarde, encontram-se atualmente 13 utentes no Hospital Distrital de Santarém (HDS), nove no Centro Hospitalar do Médio Tejo, em Abrantes, e 21 utentes assintomáticos na Casa de Repouso Fonte Serrã.

O coordenador da Proteção Civil Municipal de Santarém, José Guilherme, tinha referido esta quinta-feira de manhã à Lusa que no lar permaneciam 23 utentes que testaram positivo à Covid-19, antes de serem conhecidos os novos casos com sintomas.

O presidente da Câmara de Santarém, que também tem a tutela da Proteção Civil, explicou que houve uma pessoa infetada que regressou ao lar, somando-se aos 22 utentes assintomáticos referidos já na quinta-feira.

“Há um utente que regressou, entretanto, e que também estava positivo. Agora ficam 21 no lar”, realçou.

No entanto, esta quinta-feira de manhã, os 18 utentes que não testaram positivo foram transferidos para um lar em Fátima, concelho de Ourém, também no distrito de Santarém.

“Hoje [quinta-feira], durante a manhã, sete da manhã, os 18 utentes que deram negativo foram para Fátima”, afirmou o autarca.

Covid-19. Dezoito utentes de lar em Santarém que testaram negativo vão ser transferidos

Ricardo Gonçalves explicou que a Casa de Repouso Fonte Serrã conta atualmente com 55 casos positivos, dos quais 42 são utentes e 13 funcionários.