Duas pessoas morreram nas últimas 24 horas em Portugal com Covid-19. De acordo com os últimos dados da Direção Geral de Saúde, foram identificados 418 novos casos de infeção, o número mais alto em 56 dias. Assim, contabilizam-se agora um total de 59.051 casos confirmados do novo coronavírus, 1.829 vítimas mortais e 42.427 pessoas recuperadas.

Nas últimas 24 horas, o número de infetados aumentou 0,7%, a mesma percentagem de subida de registada na quarta-feira (390) em relação á terça-feira. Já a variação no número de mortes, de 0,1%, é inferior à de ontem (0,2%). Com estes valores, a taxa de letalidade está nos 3.10%, tendo reduzido 0,2%. O número de casos ativos é de 14.795, mais 222 do que na quarta-feira.

Depois de dois dias abaixo dos 250, novos casos sobem para os 390. Há 41 internados em UCI no País

Com 418 novos casos registados, 177 deles na região Norte, as atenções voltam a concentrar-se para lá de Lisboa e Vale do Tejo (LVT) — que contabilizou 207 novos infetados (49,5% dos casos diários) nas últimas 24 horas e já vai nos 30.415 casos positivos desde o início da pandemia.

Menos três pessoas internadas, mas doentes nos cuidados intensivos sobem

A DGS contabiliza ainda menos três pessoas internadas do que na quarta-feira. Agora, são 334. Porém, na última contagem havia 41 pessoas nos cuidados intensivos, um número que subiu para 44 (mais três).

Seis meses e um dia depois de ter sido registado o primeiro caso de SARS-CoV-2 em Portugal, a 2 de março de 2020, a pandemia continua a concentrar-se, segundo os dados, maioritariamente no Norte e em Lisboa e Vale do Tejo. Dos casos confirmados, os restantes foram três 18 no Algarve, sete no Centro, quatro na Madeira, três no Alentejo, e dois nos Açores.

Atualmente, há 34.197 pessoas em vigilância pelas autoridades de saúde, um número que aumentou em 283 em relação às últimas 24 horas.