O ensaio Portugal na Era dos Homens Fortes, de Bernardo Pires de Lima, a publicar no próximo dia 18, apresenta “uma panorâmica ao momento político que vivemos”, afirma a editora Tinta-da-China, que publica a obra.

Bernardo Pires de Lima “defende convictamente um modelo de sociedade aberta e de país cosmopolita”, neste seu livro. “Recusa acomodar uma ideia de declínio inexorável das democracias e de ascensão fatal dos nacionalismos”, e propõe “encontrar um posicionamento para Portugal que maximize os seus atributos de pequeno Estado, numa globalização competitiva e o preserve como democracia liberal madura, no meio do alastramento populista e autoritário que nos rodeia”.

“Não vivemos apenas na era da ansiedade, mas na da testosterona política, a das vitórias dos homens fortes, o que não quer dizer preparados, qualificados ou com uma especial autoridade democrática incorruptível. Bem longe disso. A ascensão pistoleira de Bolsonaro, a miserável durabilidade de Maduro, a tentacular corte de Orbán, Kaczynski, Putin e Erdogan, ou a enxurrada demagógica de Trump e Salvini, colocam, mais cedo ou mais tarde, de forma mais abrupta ou progressiva, uma questão essencial: podemos acomodar um regime iliberal, autoritário e socialmente divisionista, e ao mesmo tempo manter uma economia aberta, uma sociedade livre e instituições políticas saudáveis? A resposta é não”, escreve Pires de Lima.

A capa de “Portugal na Era dos Homens Fortes”

Segundo a editora o autor, investigador do Instituto Português de Relações Internacionais da Universidade Nova de Lisboa e do Center for Transatlantic Relations da Universidade Johns Hopkins, em Washington, favorece “uma proposta moderada em prol de uma social democracia contemporânea”.

Bernardo Pires de Lima, nascido em 1979, foi investigador do Instituto da Defesa Nacional, e é autor de O Lado B da Europa (2018), Putinlândia (2016), Portugal e o Atlântico (2016), A Síria em Pedaços (2015), A Cimeira das Lajes (2013), Blair, a Moral e o Poder (2008), e, com Raquel Vaz-Pinto, de Administração Hillary (2016).

Colabora regularmente e é comentador na comunicação social, nomeadamente na RTP, TVI24, “Diário de Notícias”, “Huffington Post”, “The National Interest”, “Hurriyet Daily News” e “The Diplomat”.

O ensaio Portugal na Era dos Homens Fortes. Democracia e Autoritarsmo em Tempo de Covid deverá ser apresentado pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, no próximo dia 22, às 18:30, num “local a definir”, adiantou a editora Tinta-da-China, em comunicado.