Uma homenagem ao ator Pedro Lima, que morreu em junho, realiza-se este domingo no Teatro São Luiz, em Lisboa, com a leitura da peça “Sou o Vento”, de John Fosse, e uma conversa entre amigos e companheiros de trabalho.

A sessão, com o título “Sou o Vento — Pelo Pedro Lima”, reúne atores como Eunice Muñoz, Manuel Cavaco, Luís Filipe Borges e Sofia Monteiro Grilo, o encenador Rodrigo Francisco, diretor da Companhia de Teatro de Almada, numa conversa que combina testemunhos e memórias de vida.

Jorge Silva Melo espera emocionar-se na homenagem a Pedro Lima. Pode ouvir aqui:

“Texto tremendo” homenageia Pedro Lima. “Espero arrepiar-me”, antevê o encenador Jorge Silva Melo

À iniciativa também se juntam o jornalista Paulo Dentinho e o autor Nuno Artur Silva, atual secretário de Estado do Cinema, do Audiovisual e dos Media, além do diretor dos Artistas Unidos, Jorge Silva Melo.

A iniciativa parte deste encenador, que dirigiu Pedro Lima em 2008, nesta sala de Lisboa, na estreia portuguesa da obra do dramaturgo norueguês, com a companhia que dirige.

“Estamos tristes. Ficaremos tristes. Era nosso amigo, trabalhámos juntos, rimos juntos, pensámos juntos. Foi o Pedro Lima, ator. E não o vamos esquecer”, escreveu Silva Melo na apresentação da homenagem, que tem início às 18:00, na Sala Bernardo Sassetti, do teatro.

A leitura da peça, traduzida por Pedro Porto Fernandes, vai ser feita pelos atores Ruben Gomes e Manuel Wiborg, que acompanhou Pedro Lima em palco, quando da estreia da obra.

Jorge Silva Melo considera este texto de Fosse “um dos mais belos sobre a depressão e a nossa cegueira”, um texto “comovente, então agora, pensando no Pedro, querido ator”, escreveu.

“Agora vamos voltar a lembrar”, afirmou o encenador, resumindo a peça: “Um homem deixa-se afogar numa viagem de barco com um amigo. Este não consegue salvá-lo, impotente. E o outro desaparece no mar”.

“Não vamos esquecer” Pedro Lima. “E queremos estar juntos, tão diferentes que somos, tão próximos dele como ele quis”, concluiu Silva Melo, no texto em que apresenta a homenagem.

Com produção de João Meireles, a sessão conta com um vídeo de Júlia Pardo e Ivo Martins.

O ator Pedro Lima morreu em 20 de junho, aos 49 anos.