À terceira aparição na passadeira vermelha do Festival de Veneza, Vanessa Kirby escolheu um vestido preto com a assinatura de Giogio Armani, longo e escultural. A atriz britânica terminou a noite com o troféu de Melhor Atriz na mão, além de ter deixado a sua pegada no rol de estrelas que desfilaram em Itália, durante dez dias.

O festival de cinema mais antigo do mundo terminou no último sábado e com uma glória portuguesa — na qualidade de realizadora, Ana Rocha de Sousa trouxe dois prémios para casa, incluindo o Leão do Futuro, com o filme “Listen”. Além dos troféus, somou umas quantas passagens pelo photo call mais famoso de Itália.

Ana Rocha de Sousa premiada em Veneza: “Não estou só a contar uma história, estou a retratar a realidade das adoções forçadas”

E é claro que as estrelas desta edição fecharam o festival com chave de ouro. Falamos de Cate Blanchett, presidente do júri, e de Anna Foglietta, a anfitriã da cerimónia. Ambas vestidas pelo senhor Armani, com as cores que se impõem a celebração de um milagre, o que muitos consideram ter sido esta 7ª edição do Festival Internacional de Cinema de Veneza. Numa Europa atingida pela segunda vaga da pandemia, durante os últimos dias, respirou-se o glamour e celebrou-se a arte, tal como na velha normalidade.

Na fotogaleria, veja os visuais que desfilaram pela passadeira vermelha, durante a última semana.