O comandante dos bombeiros de Odemira (distrito de Beja), Luís Oliveira, ficou esta sexta-feira ferido em estado grave, na sequência do despiste da viatura de comando da corporação que conduzia, naquele concelho, disse à agência Lusa fonte da Proteção Civil.

Fonte do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) indicou que o “ferido politraumatizado, em estado estável”, foi transportado para o hospital de Portimão num helicóptero que estava estacionado em Loulé.

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Beja, o comandante dos bombeiros, que era o único ocupante do veículo, seguia para o socorro a um despiste de automóvel.

A fonte do CDOS adiantou que o acidente ocorreu na Estrada Nacional 393, ao quilómetro 20, perto de Boavista dos Pinheiros, tendo o alerta sido dado às 7h21.

Foram mobilizados bombeiros e veículos da corporação de Odemira, uma viatura de suporte imediato de vida (SIV) de Odemira, uma viatura médica de emergência e reanimação (VMER) do Hospital do Litoral Alentejano e o helicóptero do INEM, além da GNR, num total de 22 elementos, apoiados por 10 viaturas.