O atual presidente da Comissão Política Concelhia do PSD de Castelo Branco, Carlos Almeida, foi reeleito neste sábado para o cargo, com mais 24 votos do que o seu adversário, Paulo Moradias.

Fonte do partido disse à agência Lusa, a lista liderada por Carlos Almeida obteve 154 votos, enquanto a lista encabeçada por Paulo Moradias conquistou 130.

Segundo a fonte, registaram-se ainda cinco votos em branco, sendo que votaram 289 militantes, num universo de 325 inscritos.

Contactado pela agência Lusa, Carlos Almeida, que também é vereador na Câmara de Castelo Branco, congratulou-se com o resultado, frisando que é uma vitória de toda a equipa e destacando que o PSD deu um sinal de “grande vitalidade” pela forte mobilização registada.

“É um PSD que sai desta eleição muito coeso, muito forte e com o objetivo claro que é mudar Castelo Branco”, apontou.

No entender do vencedor, “o PSD surge aos olhos da opinião pública como uma verdadeira alternativa ao poder socialista que está instituído”.

“Seguramente que o PSD será uma alternativa credível, face às propostas que temos feito e que vamos continuar a apresentar, com o intuito de podermos mudar Castelo Branco”, acrescentou.

Carlos Almeida assume que as eleições autárquicas que se aproximam será uma das grandes tarefas que a recém-eleita Concelhia do PSD de Castelo Branco terá pela frente, garantiu que o grande objetivo será “mudar” Castelo Branco e lutar conta a “opacidade da vida pública” local, mas considerou “prematuro” estar a falar sobre nomes.

“Somos um partido que luta contra os interesses instalados em Castelo Branco, desde há algumas décadas. Somos um partido que quer criar oportunidades para todos de forma igual e, sobretudo, queremos que Castelo Branco ganhe uma nova centralidade, que saia do seu espaço de interioridade para ganhar uma centralidade ibérica. E é isso que pretendemos: mudar Castelo Branco”, afirmou.