A PSP deteve 68 condutores e detetou 2.139 veículos em excesso de velocidade durante a campanha de fiscalização realizada entre 16 e 22 de setembro por ocasião do Dia Europeu Sem Uma Morte na Estrada, indicou esta quarta-feira aquela polícia.

Em comunicado, a Polícia de Segurança Pública destaca os 68 condutores detidos por condução sob a influência do álcool e os 2.139 veículos detetados em excesso de velocidade.

Durante esta campanha, a PSP registou também, na sua área de responsabilidade dos grandes centros urbanos e regiões autónomas dos Açores e da Madeira, 958 acidentes que provocaram um morto e 299 feridos, 12 dos quais com gravidade.

Esta força de segurança realizou um total de 520 operações de fiscalização e controlo rodoviário, tendo fiscalizados 23.684 veículos.

A campanha europeia de fiscalização ROADPOL Safety Days e à qual a PSP se associou começou a 16 de setembro, Dia Europeu Sem Uma Morte na Estrada, e terminou na terça-feira.

Segundo a PSP, esta iniciativa incidiu sobre a fiscalização às principais causas de sinistralidade e mortalidade rodoviárias na Europa, designadamente excesso de velocidade, condução sob o efeito do álcool, uso do telemóvel ao volante, realização de manobras perigosas e não utilização dos cintos de segurança e cadeirinhas de crianças.

No comunicado, a PSP apela ainda a todos os cidadãos que utilizam as estradas, como condutores de qualquer tipo de veículo ou peões, que mantenham a atenção à via, à sinalética vertical e horizontal e ao comportamento dos utilizadores para que se atinja o registo de zero mortes na estrada.