A Unidade de Controlo Costeiro da GNR apreendeu esta sexta-feira em Matosinhos 1.200 quilogramas de sardinha, avaliada em 7.200 euros e que acabou por ser doada a instituições de solidariedade social, anunciou aquela força policial.

Em comunicado, a GNR refere que a apreensão decorreu no âmbito de uma operação de fiscalização dirigida ao recinto da Doca Pesca e ao mercado de segunda venda de Matosinhos, distrito do Porto, tendo os militares “detetado o pescado em dornas abandonadas no cais do porto de pesca”.

Foi elaborado auto de contraordenação por se verificar a falta de rastreabilidade do pescado, sendo uma infração punida com coima, cujo limite máximo é de 37.500 euros”, acrescenta.

As sardinhas foram sujeitas a verificação higiossanitária e, por se encontrarem próprias para consumo, foram doadas a instituições da região Norte.