A China, tal como a Europa, possui um dos mercados que mais consome veículos eléctricos e daí que não espante que a maioria dos fabricantes trate de oferecer uma gama tão completa de modelos a bateria. A Honda, que foi dos primeiros a oferecer motores híbridos nos seus veículos, figura hoje entre os fabricantes que possuem a oferta mais reduzida de veículos electrificados ou 100% eléctricos. Mas isto está em vias de ser alterado.

Nos últimos dias, o fabricante japonês anunciou que irá iniciar a comercialização na China do CR-V com mecânica híbrida plug-in, que será o primeiro modelo do género para o país asiático.

Mas mais importante para agradar aos condutores chineses será a introdução do e:concept. Independentemente de a denominação do SUV dever mudar para a versão a produzir em série, este será o primeiro eléctrico da Honda a ser fabricado em grande volume.

Não se sabe qual será a origem das baterias que o e:concept vai utilizar e muito menos o respectivo tipo ou capacidade. Foi contudo anunciado que o novo SUV a bateria recorrerá aos mais recentes sistemas de ajuda à condução, bem como os mais modernos Honda Sensing e o Honda Connect.