Quatro funcionárias do Lar Nossa Senhora do Pranto em Salto, concelho de Montalegre, deram positivo à Covid-19 e na sexta-feira vão ser testados os 30 utentes e restantes 19 trabalhadores, disse hoje o presidente da instituição.

Alberto Fernandes, responsável pelo lar e presidente da Junta de Freguesia de Salto, distrito de Vila Real, afirmou à agência Lusa que foi acionado o plano de contingência, suspensas as visitas e as funcionárias que estavam ao serviço não vão sair das instalações até à realização do teste ao novo coronavírus.

As colaboradoras positivas à Covid-19 realizaram o teste, segundo o autarca, depois de terem apresentado alguns sintomas da doença.

São três irmãs, uma delas cozinheira, e uma outra funcionária.

O responsável disse que as funcionárias infetadas estão em confinamento, bem como os todos os seus familiares, inclusive os filhos que já não foram à escola.

Alberto Fernandes referiu que a autoridade de saúde está a coordenar as operações e que, na sexta-feira, vai ser feito o teste a todos as pessoas do Lar Nossa Senhora do Pranto.

“Temos o plano montado e agiremos de acordo com os resultados”, frisou o autarca.

A câmara de Montalegre preparou, já na primeira fase da pandemia, o pavilhão multiúsos (na sede de concelho) com dezenas de camas para servir de espaço de acolhimento.

O presidente da Câmara de Montalegre, Orlando Alves, mostrou-se preocupado com a situação e disse que o município está a prestar todo o apoio que for necessário para se tentar “minimizar e conter a propagação”.

Segundo o autarca, há Fneste momento seis casos ativos de Covid-19 no concelho de Montalegre.

Portugal contabiliza pelo menos 1.971 mortos associados à Covid-19 em 75.542 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).