A taxa de desemprego aumentou em agosto, pelo quinto mês consecutivo, para os 8,1% na zona euro e os 7,4% na União Europeia (UE), segundo o Eurostat.

Na zona euro, de acordo com o gabinete estatístico europeu, os 8,1% comparam-se com 7,5% homólogos e 8,0% de julho.

Na UE, o avanço para os 7,4% é face aos 6,6% de desemprego em agosto de 2019 e aos 7,3% registados em julho.

O Eurostat estima que em agosto estavam desempregadas 15,603 milhões de pessoas na UE, das quais 13,188 nos 19 países da moeda única.

O desemprego jovem fixou-se nos 17,6% na UE e nos 18,1% na zona euro, face aos 17,4% e 17,8% de julho e aos 14,8& e aos 15,5% homólogos.

O Eurostat continua a não fazer comparações entre os Estados-membros devido às repercussões da pandemia da Covid-19 na metodologia de cálculo de desempregados.